Caderneta de saúde e não de vacina!

Todos têm direito a ela, mas poucos sabem o seu nome correto. A grande maioria das pessoas a conhece como “caderneta de vacinação”, mas ela se chama “Caderneta de saúde da Criança” e é conhecida como “Passaporte da Cidadania”. Poucos sabem disso e outros quase não aproveitam as muitas informações úteis que o documento contém. […]

Todos têm direito a ela, mas poucos sabem o seu nome correto. A grande maioria das pessoas a conhece como “caderneta de vacinação”, mas ela se chama “Caderneta de saúde da Criança” e é conhecida como “Passaporte da Cidadania”. Poucos sabem disso e outros quase não aproveitam as muitas informações úteis que o documento contém.

A Caderneta de Saúde é um documento que a criança recebe ao nascer, ainda na maternidade. Nela, além de todos os dados pessoais do recém-nascido, também há informações da família e detalhes sobre a gestação. A caderneta é importante para acompanhar a saúde, o crescimento e o desenvolvimento, do nascimento aos 10 anos de idade. Ela tem o objetivo de criar um histórico de saúde, além de facilitar o acesso a todas essas informações do desenvolvimento da criança, quando necessário.

Você sabia que ela tem uma versão para menina e outra para menino? Isso mesmo: é específica para os gêneros, já que cada um tem parâmetros de desenvolvimento diferentes ao longo da infância.

O documento oferece várias informações atualizadas, desde registro de nascimento, amamentação e alimentação saudável. Também tem orientações sobre perigos de doenças graves e, até mesmo, sobre prevenção de acidentes e violência. Poucas são as famílias que já leram toda a caderneta e a consultaram em momentos de dúvidas e aflições durante o desenvolvimento da criança. Mas, muitos só recorrem ao documento no momento da vacinação, não é mesmo?!

A segunda parte da caderneta é destinada para os profissionais de saúde preencherem as informações da criança, desde o nascimento até as suas inúmeras fases da infância. Então, além de levar as crianças periodicamente ao pediatra, é importante pedir que ele preencha a caderneta e acompanhe a evolução do pequeno. Também não se esqueça de pedir para o pediatra esclarecer todas as marcações que são realizadas.

A última parte é aquela que a maioria das pessoas mais usa. É onde está localizado o calendário vacinal. Nele há espaço para preenchimento de todas as informações sobre as vacinas que a criança deve tomar ao longo da infância. Estar com todas as vacinas em dia é um direito da criança e uma responsabilidade da família.

A caderneta é importante no dia a dia da rotina de toda a criança. Por isso, o Família Coruja vai te dar duas orientações importantes:

1) Cuide bem dela. Para uma melhor preservação, vale a pena encapá-la e protege-la com uma pasta plástica. O importante é mantê-la protegida.

2) Sempre leve o documento para qualquer serviço de saúde que a criança for realizar. Desde as consultas de rotina com o pediatra, até mesmo as idas ao dentista, nutricionistas e fonoaudiólogos,… E não se esqueça de pedir para os profissionais fazerem as anotações devidas na caderneta!

Com certeza, o Família Coruja revelou informações preciosas sobre a Caderneta de Saúde que você não sabia. Então, corra para pegá-la e analisá-la com atenção. Você vai descobrir várias informações que não sabia que estariam tão próximas de você! Corre lá!